5 dicas para médicos iniciantes nas redes sociais


icone facebook icone twitter icone whatsapp icone telegram icone linkedin icone email



Você está começando nas redes sociais e não sabe bem como fazer seu perfil médico ter sucesso? Ou de repente está lá há um tempo, mas ainda se sente um iniciante porque não sabe o que fazer ou como um perfil de sucesso funciona?

O que notamos quando começamos a imergir nas redes sociais é que elas têm fundamentos, é possível estudar o seu funcionamento e traçar estratégias que têm mais chances de nos ajudar a alcançar a visibilidade desejada gradativamente.

É normal não saber por onde começar, todos nós já estivemos nesse lugar, e é por isso que separamos 5 dicas para você, médico, que está começando a usar redes sociais e quer deixar de se sentir perdido, ou entender melhor os caminhos para o destaque nesse meio.

  1. Pense quem é o seu público alvo

Para entender como atrair seguidores nas mídias sociais, o primeiro passo, indispensável, é saber quem você quer que sejam esses seguidores. Eles são possíveis pacientes, são colegas da comunidade médica?

Com um público definido, você poderá criar um conteúdo voltado para ele. Numa linguagem que ele ache interessante, com assuntos que chamem a atenção dele e, principalmente, definirá em que tom você irá se portar quando falar com ele!

A forma correta de iniciar este processo é por meio da criação de uma buyer persona, também conhecido como personagem comprador. Nesse momento você irá levantar as características principais, o background, entender esse cliente ideal e criar conteúdo que responda às suas necessidades.

  1. Conteúdo de alta qualidade

Agora que você já traçou os objetivos e dificuldades do seu seguidor ideal, o próximo passo é criar um conteúdo que corresponda a esses objetivos e responda as dúvidas que ele tem.

É extremamente importante que no momento de criação de conteúdo ele seja um produto final de qualidade, que realmente agregue conhecimento para o seu seguidor. Isso quer dizer que não apenas você deve trazer um conteúdo completo e explicativo, como também quer dizer que ele deve estar adaptado no formato ideal (para a rede social que você está postando).

Além disso, é indispensável que a linguagem desse conteúdo seja escolhida e usada de uma maneira que o seu seguidor ideal entenda o que você está falando, que a mensagem realmente chegue para ele.

Mas o que tudo isso quer dizer? Isso significa que se você está postando um conteúdo informativo sobre cardiologia no Instagram, e seu público é potenciais pacientes, não adianta escrever posts longos e cheios de explicações técnicas. Você vai escrever como se você estivesse conversando com um paciente em uma consulta, e explicar de maneira sucinta a questão, para que ele entenda, mas sem dificuldades.

A verdade é que no mundo de hoje, principalmente, quanto menos você tiver que fazer uma pessoa refletir, melhor o conteúdo será absorvido, e mais interesse ela vai ter em ver as suas postagens.

  1. Eduque os seus seguidores

Vamos lembrar que o grande objetivo de compartilhar conteúdo em mídias sociais é educar as pessoas sobre determinados assuntos. Claro que também queremos entreter, inspirar, e ajudar os nossos seguidores, mas o objetivo principal é trazê-lo para mais perto da sua marca para conseguir fidelizá-lo como um paciente.

Você faz isso educando o seu cliente. Para isso, você precisa atraí-los para o seu perfil e criar um conteúdo que interesse o suficiente para ele ficar! Isso é feito por meio de um planejamento de conteúdo que intercale os seus posts com temáticas interessantes que não seja pesado, que seja de fácil compreensão e que te conecte a ele.

  1. Ajude os seus seguidores

A partir do momento que você ajuda seus seguidores, você os condiciona a continuar acessando o seu perfil, porque há algo lá para eles que interessa e é útil. Toda experiência importa, e se você tem como premissa ajudar o seu cliente, consequentemente a sua taxa de abertura, cliques e o seu retorno sobre investimento serão de acordo com as suas expectativas. 

Ajudar eles quer dizer interagir e produzir um material que se encaixa em questões cotidianas que eles têm interesse. Exemplo, “dicas de como diminuir o colesterol”, “Pare de coçar o seu olho! Saiba por que faz tão mal”, etc. Outra opção muito bacana é esporadicamente abrir espaço para dúvidas nos stories, ou fazer enquetes e falar sobre os resultados ou responder às perguntas feitas. Dessa maneira você realmente mostra que está ali para ajudar e cativa mais ainda o público

  1. Use a regra 80-20

A regra 80-20 é uma premissa para o seu conteúdo na internet e nas redes sociais. Ela diz que 80% do seu conteúdo deve estar voltado para a educação e para o entretenimento, e 20% para a venda, no seu caso, para a fidelização de pacientes.

Desta forma a sua audiência estará condicionada a interagir com a sua marca, e consequentemente a captação de pacientes será mais fácil, até porque com essa proporção não esquecemos o que de fato importa aqui: o seu conteúdo deve ser mais voltado às necessidades como um todo do seu cliente, e não da sua empresa.

Para essas dicas serem colocadas em prática de uma maneira mais efetiva, é interessante pesquisar os tipos de conteúdo que as pessoas compartilham. E para facilitar ainda mais esse trabalho, a Brava disponibiliza um e-book gratuito com 10 tipos de conteúdo para um Instagram Médico! É só baixar por meio do link: https://conteudos.bravacomunicacao.com/marketing-medico-ebook

« Voltar